OAB quer debate aberto sobre verbas da Justiça

JUDICIÁRIO

, O Estado de S.Paulo

25 Outubro 2010 | 00h00

A Ordem dos Advogados do Brasil em São Paulo defendeu ontem audiência pública para debater "de forma transparente" o orçamento do Judiciário, em tramitação na Assembleia. Luiz Flávio Borges D"Urso, presidente da entidade, assinalou que a verba de 2011 para o Tribunal de Justiça foi cortada em 54%, caindo de R$ 12,3 bilhões para R$ 5,6 bilhões. Ao divulgar a Carta de Atibaia, encontro dos presidentes das subseções da OAB, D"Urso advertiu que "a independência (do Judiciário) é no papel, não acontece na prática".

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.