1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Oito pessoas morrem em acidente com ônibus no Paraná

Laura Maia de Castro e Mônica Reolom - O Estado de S.Paulo

21 Abril 2014 | 11h 20

O acidente envolvendo um ônibus aconteceu no quilômetro 52 da BR-369, na altura do município de Bandeirantes, no norte do Paraná; mais de 30 pessoas ficaram feridas

Atualizado às 17h45

BANDEIRANTES - Oito pessoas morreram e mais de 30 ficaram feridas em um acidente na BR-369, na altura do município de Bandeirantes, no norte do Paraná. O ônibus da empresa Giltur Turismo seguia de Foz do Iguaçu (PR) para São Paulo e por volta de 2h30 desta segunda-feira, 21, tombou no quilômetro 52 da estrada.

Os oito corpos foram encaminhados para o Instituto Médico Legal (IML) de Jacarezinho, município no norte do Paraná. "A maioria das vítimas, pelo que podemos checar até agora é de São Paulo", disse a chefe administrativa do IML, Suzana Scandolo.

Todas as vítimas foram identificadas pelo IML: Nair Farias Ferreira, Gilvânia Serafim Ferreira, Helem Rute dos Santos Barros, André Vinícios dos Santos Cerqueira, Ana Paula Nascimento Oliveira, Antonia Luiza de Camargo, Eroni de Souza Lima e Tainá de Oliveira Pires, de apenas 13 anos.

Os feridos foram encaminhados para os hospitais dos municípios de Bandeirantes e Cornélio Procópio. De acordo com a empresa Giltur Turismo, às 17h40 três passageiros estavam em estado grave e nenhum outro corria risco de vida. A empresa também informou que os dois motoristas estavam entre os 39 feridos.

O ônibus retornava de uma excursão de Páscoa que saiu de São Paulo para Foz do Iguaçu (PR) na sexta-feira, 18. Em nota, a empresa lamentou o acidente e afirmou que dará "todo o apoio que for necessário" às famílias das vítimas.

Leia a nota na íntegra: 

"A Giltur Viagens e Turismo vem lamentar o acidente ocorrido na Rodovia BR 369 no Paraná na madrugada desta segunda-feira, que deixou dezenas de feridos e vitimou 8 passageiros, sentimos muito pelas perdas, estamos prestando toda a ajuda e auxílio que é possível neste momento, nos solidarizamos com as famílias e daremos todo o apoio que for necessário."