'Onda verde' não se reflete em voto de legenda do PV

A "onda verde" propagada por Marina Silva (PV) na corrida presidencial não se refletiu na votação de legenda de seu partido. Nas eleições de 2006, o PV obteve 3,6% dos votos. Somados os nominais e de legenda, foram 3.367.919 votos, o suficiente para conquistar 13 cadeiras na Câmara dos Deputados.

Bruno Tavares, O Estado de S.Paulo

13 Outubro 2010 | 00h00

Neste ano, o partido cresceu, mas não no mesmo nível de sua presidenciável. Foram 3,7 milhões de votos, 346 mil a mais do que há quatro anos, o que corresponde 3,8% dos votos válidos. Do total, 2,9 milhões se destinaram a candidatos e 826 mil à legenda.

Ainda assim, o PV conseguiu ampliar sua bancada na Câmara - de 13 cadeiras para 15. A exemplo de outros partidos, os verdes também sofreram com as distorções do sistema eleitoral. Tiveram 3,8% dos votos, mas só 2,9% dos eleitos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.