Polícia Civil
Polícia Civil

Polícia retoma imóveis do Minha Casa Minha Vida invadidos por traficantes no RS

Criminosos haviam expulsado pela 2ª vez moradores de condomínio do programa na periferia de Porto Alegre

Luciano Nagel, Especial para o Estado

16 Maio 2017 | 11h31

PORTO ALEGRE - Cerca de 100 agentes do Departamento de Investigações do Narcotráfico da Polícia Civil do Rio Grande do Sul (Denarc/RS) cumpriram, na manhã desta terça-feira, 16, 21 mandados de busca e apreensão em um condomínio popular do programa federal Minha Casa Minha Vida no bairro Restinga, na zona sul de Porto Alegre. Conforme a Polícia Civil, os traficantes voltaram a expulsar os moradores dos apartamentos e ocupar os espaços para o comércio de drogas. 

Em outubro de 2015, uma mesma ação policial foi realizada no condomínio resultando na prisão de 46 pessoas envolvidas com o tráfico de drogas na região.

"Dos 21 imóveis vistoriados, mais da metade estava irregular", disse o delegado Mário Souza, responsável pelas investigações.

Segundo o delegado, o objetivo da operação, denominada Regresso,  é retomar os imóveis invadidos aos atuais proprietários. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.