1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Paciente é assassinado dentro de hospital no Rio Grande do Sul

Elder Ogliari - O Estado de S. Paulo

13 Junho 2014 | 10h 52

Vítima estava internada após ter sido baleada na rua; colegas de quarto entraram em pânico, mas não foram atacados

PORTO ALEGRE - O comerciante Saul Gonçalves, de 29 anos, foi morto a tiros dentro do Hospital Centenário, em São Leopoldo, na região metropolitana de Porto Alegre, na noite de quinta-feira, 12, um dia depois de ter escapado de uma tentativa de assassinato na rua.

Na noite de quarta-feira, 11, a vítima já havia sido baleada por encapuzados em via pública do bairro Santos Dumont. Ferido, o comerciante foi levado ao hospital, onde submeteu-se a uma cirurgia e ficou internado para recuperação. Por volta das 20h de quinta-feira, um homem entrou no quarto e disparou três tiros em Gonçalves, que morreu na hora.

Outros três pacientes que estavam no mesmo quarto entraram em pânico, mas não foram atacados.

A polícia ainda não tem informações concretas sobre o caso. A investigação começará pela análise de imagens de câmeras de vigilância na tentativa de descobrir como o assassino entrou no hospital, se foi aproveitando o horário de visitas ou pulando alguma janela, e como fugiu sem passar pela portaria.