Nilton Fukuda/ Estadão
Nilton Fukuda/ Estadão

País tem quase 64 milhões de lares com acesso a telefone celular

Dados do IBGE mostram que os itens geladeira e televisão são encontrados em quase a totalidade dos domicílios

Daniela Amorim e Vinicius Neder , O Estado de S.Paulo

24 Novembro 2017 | 11h01

RIO - O País já tem quase 64 milhões de lares com acesso a telefone celular, segundo os dados da Pesquisa Nacional por Amostra Domicílios Contínua (Pnad) divulgados nesta sexta-feira, 24, pelo Instituto Brasileiro de Geografia e Estatística (IBGE). 

Em 2016, 92,3% dos 69,224 milhões de domicílios brasileiros tinham pelo menos um morador com telefone móvel celular, enquanto que o telefone fixo convencional era encontrado em apenas 34,5% das casas, 23,891 milhões de residências.

+++ Brasil tem 20,6 milhões de lares sem rede de esgoto e dois milhões sem água

A geladeira foi outro item encontrado em quase a totalidade dos domicílios, 98,1% deles, 67,938 milhões. O resultado significa, porém, que 1,286 milhões de lares ainda não possuem geladeira.

A televisão estava presente em 67,394 milhões de casas (97,4%), mas em 22,687 milhões delas, o aparelho ainda era do modelo antigo, de tubo.

+++ Número de brasileiros que se declaram pretos cresce 14,9% em 4 anos

A máquina de lavar roupa já chegou a 43,636 milhões de residências no País, mas a posse do eletrodoméstico ainda é desigual. A máquina de lavar roupa está presente em apenas um terço dos lares na Região Nordeste (33,5%) e um pouco mais na Região Norte (41,4%). No Sul, 83,3% dos domicílios tinham o eletrodoméstico; no Sudeste, 76,8%;  e no Centro-Oeste, 67,1%.

O acesso à Internet no domicílio por parte de algum morador chegou a um porcentual de 63,6% das casas: 60,3% das residências tinham acesso através de telefone celular; 40,1%, via microcomputador; e 12,1%, pelo tablet. 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.