Papa desce do papamóvel e beija mão de senhora de 99 anos

Francisco deixou a fiel, que completa 100 anos em dezembro, emocionada; assista ao vídeo

Tiago Rogero, O Estado de S. Paulo

26 Julho 2013 | 11h25

RIO  - Durante o trajeto que fez de papamóvel até o Palácio São Joaquim, o papa Francisco desceu do veículo e deu beijos em duas senhoras. Uma delas, dona Wanda Furquim Sambaquy, a segunda a receber um beijo do papa, completará 100 anos em 16 dezembro e mal podia conter a emoção após o contato com Francisco. Os voluntários que estavam perto, na Rua da Glória, a poucos metros do São Joaquim, providenciaram um banquinho para que ela se sentasse.

"Moro com ela e a levo toda semana à igreja", contou o neto Alexandre Blasifera, músico de 40 anos. "Depois que ele desceu do papamóvel e foi até a outra senhora, as pessoas ao nosso redor começaram a chamá-lo para dizer que ela tinha 100 anos. O dom Orani (Tempesta, arcebispo do Rio) viu e a mostrou para o papa, que veio", contou o neto. "Ele a beijou e disse algumas coisas para ela."

 

Depois do encontro, Blasifera criou um perfil no Facebook para a avó. Ele contou que dona Wanda, que nasceu em Limeira (SP) e mora no bairro do Catete, chorou bastante após o encontro com o papa. "Mas eu não dei muita chance de ela ficar muito emocionada para a pressão não subir", contou o neto, destacando que a avó é bastante ativa. "Ela caminha todos os dias, cerca de 1 km, 1,5 km, e anda de bicicleta ergométrica."

Durante o trajeto até o Palácio São Joaquim, o papa  beijou mais de 27 crianças, a maioria bebês. Em um dos pontos, um garotinho não conteve a emoção, ficou conversando com o papa e parecia não mais querer largá-lo. Durante todo o percurso do cortejo, peregrinos corriam do lado de fora dos gradis, tentando acompanhar o pontífice. Freiras também corriam com a multidão.

 

Mais conteúdo sobre:
Papa Jornada Rio de Janeiro

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.