Para entidade, risco de acidente no País é iminente

A Federação Internacional dos Controladores de Tráfego Aéreo (Ifatca, na sigla em inglês) divulgou nota oficial ontem em Washington, durante seu congresso internacional, afirmando que, se não houver medidas para aperfeiçoar o sistema de controle de tráfego aéreo no Brasil, ''''o risco de um novo acidente é real''''. O vice-presidente executivo da organização, Douglas Churchill, ainda pediu investigação independente sobre as tragédias com os vôos da TAM e da Gol. Segundo Churchill, as únicas providências tomadas pelas autoridades brasileiras foram a detenção dos pilotos do Legacy e a perseguição dos controladores de tráfego. Já para Ingo Marowsky, secretário do setor de aviação civil da Federação Internacional de Trabalhadores de Transportes, ''''o setor no Brasil está em crise e periga descambar para o caos''''. ''''É preciso fazer alguma coisa antes que mais vidas sejam perdidas.''''

O Estadao de S.Paulo

05 Outubro 2007 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.