Para ex-chefe, ela agiu certo e oposição torce contra governo

O ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva elogiou ontem o desempenho da presidente Dilma Rousseff na tentativa de estancar a crise no Ministério dos Transportes e criticou a oposição. Ao participar de um jantar na Federação das Indústrias do Estado de São Paulo (Fiesp), o petista afirmou: "Ela foi bem, como em qualquer outra situação".

Julia Duailibi, O Estado de S.Paulo

19 Julho 2011 | 00h00

Após divulgação dos desvios no ministério, a presidente foi obrigada a demitir seis funcionários da pasta, incluindo o ex-ministro dos Transportes Alfredo Nascimento. Durante o encontro, Lula usou, como de costume, metáforas futebolísticas para desclassificar a oposição, que colhe assinaturas para a abertura de uma CPI para investigar as denúncias: "Oposição é como jogador no banco. Torce para o titular quebrar a perna".

O encontro com os empresários foi articulado pelo presidente da Fiesp, Paulo Skaff, que se filiou ao PMDB, aliado do PT, com a intenção de disputar a Prefeitura de São Paulo em 2012 ou governo do Estado em 2014. Foi também organizada uma exposição sobre Lula com 41 fotos do ex-presidente durante seus dois mandatos no Palácio do Planalto. No local, Lula observou algumas das imagens ao lado da ex-primeira-dama Marisa Letícia.

Em uma das fotos, ele aparece abraçado ao ex-presidente sul-africano Nelson Mandela. Comentou, então, que conversou recentemente com o líder por telefone.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.