REUTERS/Josemar Goncalves
REUTERS/Josemar Goncalves

PCC e Sindicato RN têm novo confronto no presídio de Alcaçuz

Penitenciária no Rio Grande do Norte foi palco, neste sábado, 14, de massacre com 26 mortes durante uma rebelião

Rafael Barbosa, Especial para o Estado

17 Janeiro 2017 | 12h05

O comando da Companhia de Guarda Penitenciária confirmou o início de um novo confronto entre Primeiro Comando da Capital (PCC) e Sindicato do Crime do RN no fim da manhã desta terça-feira, 17, na Penitenciária Estadual de Alcaçuz, em Nísia Floresta, no Rio Grande do Norte.

O major Wellington Camilo, comandante da Guarda, confirmou a informação à reportagem.

“Começou aqui o confronto de novo. É entre as facções”, afirmou o oficial da Polícia Militar, apressado enquanto falava ao telefone.

Alcaçuz foi palco, neste sábado, 14, de um massacre durante uma rebelião. Vinte e seis homens foram assassinados na ocasião. Desde então, a tensão segue dentro da unidade prisional.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.