Pesquisas indicam vitória de Lula com 22 pontos de vantagem

As pesquisas de intenção de voto do Datafolha e do Ibope apontam vitória do presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT) no segundo turno da eleição presidencial, neste domingo. Segundo anunciado no Jornal Nacional, da Rede Globo, ambas as pesquisas indicam a mesma vantagem de Lula sobre o ex-governador de São Paulo Geraldo Alckmin (PSDB): 22 pontos porcentuais. As duas pesquisas são divulgadas após o último debate entre os dois candidatos, realizado pela própria Globo. Tanto Lula quanto Alckmin realizaram atividades de campanha neste sábado. O presidente esteve em São Bernardo do Campo, seu berço político, onde caminhou entre a multidão, apertou mãos e distribuiu beijos. Mesmo criticando o que chamou de "desespero" da oposição, Lula assumiu um discurso conciliador: "Vocês sabem que sou um homem de paz. Ou seja, acabou a disputa eleitoral. Quem ganhar governa este País. Esta é a consagração da democracia", declarou. Segundo Lula, a escolha de São Bernardo para o último evento de rua da campanha reflete a importância que a cidade tem para ele, tanto do ponto de vista pessoal - lá ele conheceu sua mulher e nasceram seus filhos - quanto pela relevância que o município teve para sua formação política. Geraldo Alckmin, durante evento no Rio de Janeiro, disse apostar em uma virada. "Sinto a onda da virada nas ruas", afirmou, após participar de caminhada pelo Saara, maior área de comércio popular do Rio, no centro. "A expectativa é muito boa. A população está consciente de que o Brasil precisa mudar, e é o voto que muda. Precisamos corrigir muita coisa que está errada, e é o povo que constrói o futuro." Alckmin repetiu o que fizera na véspera do primeiro turno, quando, assim como agora, até mesmo seus aliados duvidavam de sua ida à segunda etapa do pleito. "Alea jacta est. A sorte está lançada", disse.

Agencia Estado,

28 Outubro 2006 | 20h46

Mais conteúdo sobre:
eleições eleições 2006

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.