PF prende cinco em operação contra tráfico internacional de drogas

Principal objetivo é investigar esquema de entorpecentes que vêm da Bolívia e são distribuídos na Baixada Santista e na Grande São Paulo

Luciana Fadon Vicente - Central de Notícias,

14 Outubro 2010 | 11h53

SÃO PAULO - Cinco pessoas foram presas durante a Operação Camisa 10, realizada pela Polícia Federal nesta quinta-feira, 14, que tem como objetivo a investigação do tráfico internacional de drogas, com foco na aquisição de entorpecentes na Bolívia e a sua distribuição nas cidades da Baixada Santista e Grande São Paulo.

 

Setenta policiais cumpriram cinco mandados de prisão e dez mandados de busca e apreensão nas cidades da Baixada Santista e Grande São Paulo. Apenas um mandado de prisão não foi cumprido, pois um dos traficantes é boliviano e não pode ser extraditado. Caso o suspeito venha para o Brasil, ele poderá ser preso imediatamente.

 

A quadrilha já atuava há pelo menos dez anos. Durante as investigações, foram realizadas três prisões em flagrante pela PF, com a apreensão de aproximadamente 40 quilos de cocaína destinada ao mercado nacional, além do desmantelamento de um laboratório em São Paulo dedicado à produção de crack.

 

As investigações atingem também uma advogada contratada pela quadrilha, acusada de falsidade ideológica, que obteve documentos com informações falsas, atestando que um dos traficantes seria gerente de uma padaria.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.