1. Usuário
Assine o Estadão
assine

PM é assassinado a tiros na zona norte do Rio

Marcelo Gomes - O Estado de S.Paulo

29 Março 2014 | 10h 43

Vítima estava com R$ 100 mil em carro de luxo. Este é o terceiro caso de policial militar morto na Região Metropolitana do Rio em uma semana

Atualizada às 18h49

RIO - O sargento da Polícia Militar Mozart Soares da Cunha, de 41 anos, foi assassinado a tiros na noite desta sexta-feira, 28, ao reagir a um suposto assalto no bairro de Coelho Neto, na zona norte do Rio de Janeiro. Ele dirigia um Camaro e passava pela Rua Bertin. Segundo a polícia, no veículo de luxo havia R$ 100 mil, que foram levados pelos criminosos, assim como a arma do PM. O policial estava à paisana e acompanhado de uma mulher no momento da abordagem.

Depois de baleado, o sargento chegou a ser levado por policiais militares ao Hospital Estadual Carlos Chagas, em Marechal Hermes, mas não resistiu. O crime está sendo investigado pela Divisão de Homicídios (DH) da Polícia Civil. A mulher que presenciou o crime e os PMs que socorreram a vítima já prestaram depoimento. Ela não teve o nome divulgado.

Outros casos. Este é o terceiro caso de PM morto na Região Metropolitana do Rio em uma semana. Na madrugada do sábado passado, 22, o sargento Maurício Pedro da Silva, de 44 anos, morreu ao ser baleado numa perseguição em

Magalhães Bastos, na zona oeste da capital. Na quinta-feira, 27, o policial do Batalhão de Choque Douglas Alves dos Santos foi baleado ao reagir a uma suposta tentativa de assalto no município de Itaboraí.