Polícia Civil de Minas Gerais faz paralisação de 48 horas

Segundo sindicato, parada é alerta para possível greve por causa das reinvindicãções que não foram atendidas

Solange Spigliatti, Central de Notícias

30 Novembro 2009 | 14h12

Os policiais civis de Minas Gerais iniciaram nesta segunda-feira, 30, uma paralisação de advertência de 48 horas, segundo informações Sindicato dos Servidores da Polícia Civil de Minas Gerais (Sindipol-MG). Durante a paralisação, será mantida uma escala mínima de 30% para atendimento dos serviços essenciais à população, segundo o sindicato da categoria.

 

De acordo com o sindicato, a decisão foi tomada em assembleia no último dia 26 de setembro porque o governo do Estado atende apenas parcialmente as reivindicações da categoria constante da pauta protocolada três dias depois na Secretaria da Casa Civil e no último dia 8 na Secretária de Planejamento e Gestão.

Mais conteúdo sobre:
greve Policia Civil MG

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.