Polícia faz reconstituição de triplo homicídio em Santa Catarina

Mestre de obras e os dois filhos dele, de 5 e 9 anos, foram encontrados mortos dentro de um galpão

estadão.com.br,

18 Janeiro 2012 | 15h34

SÃO PAULO - A Polícia Civil realizou na manhã desta quarta-feira, 18, a reconstituição de triplo homicídio ocorrido no último dia 9, no bairro Bela Vista, em Palhoça, Santa Catarina.

O mestre de obras Gelson Aparecido de Souza e os dois filhos dele, de 5 e 9 anos, foram encontrados mortos dentro de um galpão em construção às margens da rodovia BR-282.

Participaram da condução dos trabalhos de reconstituição, os policiais da Delegacia de Polícia de Palhoça, com apoio do Central de Operações Policiais (COP), que fez a segurança do local, além de peritos do Instituo Geral de Perícias.

Cinco pessoas da comunidade atuaram como figurantes, tomando as posições das vítimas e dos possíveis executores. Quatro dos seis suspeitos apontados como os envolvidos no crime também participaram da reconstituição. Entre eles estão um homem de 21 anos, suspeito de ser um dos executores e três menores. Os adolescentes estavam acompanhados por uma Conselheira Tutelar e por seus responsáveis legais.

A polícia acredita que o motivo provável dos homicídios tenha sido uma desavença entre o mestre de obras e o vizinho dele, um homem de 31 anos.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.