Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Brasil

Brasil » Polícia investiga vídeo que mostra decapitação de adolescente em SC

Brasil

Polícia investiga vídeo que mostra decapitação de adolescente em SC

Jovem recebeu golpes de machado e facadas; principal suspeita é de que ele tenha sido vítima de briga entre facções

0

Aline Torres,
Especial para O Estado

03 Fevereiro 2016 | 17h20

FLORIANÓPOLIS - Três homens decapitaram um adolescente de 16 anos, em Joinville, no norte de Santa Catarina, e gravaram um vídeo do crime. As imagens circulam na internet. O jovem recebeu aproximadamente 30 golpes de machado e facadas. Os assassinos utilizavam máscaras, toucas e bonés. Eles não demonstravam medo ou culpa e até inseriram trilha sonora na gravação.

A cabeça do adolescente foi encontrada dentro de uma sacola de papelão no bairro Jardim Paraíso na terça-feira à noite. A Divisão de Investigações Criminais mobilizou uma força-tarefa para apurar o assassinato. A identidade do adolescente foi preservada.

A principal suspeita é que ele tenha sido vítima da briga entre as facções PGC (Primeiro Grupo da Catarinense), que comanda o tráfico em Santa Catarina e já orquestrou três ondas de atentados a ônibus, prédios e agentes de segurança entre novembro de 2012 e outubro de 2014, e o PCC (Primeiro Comando da Capital), facção paulista, que alastra seu poder no Estado cooptando novos integrantes.

O PCC é a maior facção criminosa do Brasil e busca em Santa Catarina a expansão do mercado de narcóticos. O resultado é o aumento da violência. Joinville, uma das maiores e mais ricas cidades catarinenses registrou apenas em janeiro 16 assassinatos.

A brutalidade dos criminosos é entendida pelos investigadores como um recado. Um das hipóteses é que o adolescente serviria uma das facções rivais.

 

Comentários