Estadão - Portal do Estado de S. Paulo

Brasil

Brasil » Polícia prende acusada de assassinar grávida em São Gonçalo, no Rio

Brasil

Polícia prende acusada de assassinar grávida em São Gonçalo, no Rio

Suellen de Souza, de 26 anos, foi encontrada morta dentro da própria casa com corte na garganta

0

Thaise Constancio,
O Estado de S. Paulo

09 Abril 2014 | 10h19

RIO - Flávia da Silva Ramos, de 33 anos, foi presa nessa terça-feira, 8, acusada de homicídio duplamente qualificado pela morte da auxiliar administrativa Suellen de Souza Teles, de 26 anos, que estava grávida de seis meses do primeiro filho. O crime aconteceu na manhã de segunda-feira, 7, no bairro Trindade, em São Gonçalo, na Região Metropolitana.

A prisão temporária de Flávia foi pedida pela Divisão de Homicídios de Niterói, São Gonçalo e Itaboraí (DHNSGI). Ela foi detida logo após prestar depoimento na delegacia e é apontada como amante do marido de Suellen, Rodrigo Folly Cuzzuol, e ameaçava a grávida de morte.

Caso. Suellen foi encontrada morta pela sogra dentro da própria casa. Ela tinha um corte na garganta e um fio de computador enrolado no pescoço. A casa estava completamente revirada. Parentes ainda tentaram salvar o bebê, mas ele não resistiu.

Mais conteúdo sobre: