Policial confirma que PF recebe dinheiro da CIA e FBI

O presidente da Federação Nacional de Policiais Federais (Fenapef), Francisco Garisto, confirmou hoje que "a Polícia Federal recebe dinheiro do serviço secreto americano (CIA) e de outras instituições como a de combate ao narcotráfico - DEA - e do Federal Bureau Investigation (FBI)". A informação foi dada pelo ex-chefe do FBI no Brasil, Carlos Alberto Costa, em entrevista à revista Carta Capital, publicada em 24 de março deste ano. Garisto falou hoje na Comissão de Segurança Pública da Câmara. Segundo Francisco Garisto, os dólares recebidos são depositados em contas individuais e, muitas vezes, trocados no câmbio paralelo, informa a Agência Brasil. De acordo com o presidente da Fenapef, são repassados anualmente à Polícia Federal US$ 10 milhões, metade oriunda do DEA. Garisto disse aos parlamentares que essa questão foi apresentada ao ministro da Justiça, Márcio Thomaz Bastos, por meio de um ofício enviado em 7 de janeiro de 2003. Na oc asião, foi aberta uma sindicância, mas nada ocorreu até agora para mudar este procedimento, disse o policial. A contrapartida exigida pelo governo americano, ao repassar estes recursos à Polícia Federal, é de que sejam aplicados exclusivamente no combate ao tráfico internacional de drogas dirigido aos Estados Unidos, afirmou Garisto. "É um dinheiro maldito que causa discórdia na Polícia Federal".

Agencia Estado,

13 Abril 2004 | 19h09

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.