Reprodução Google Street View
Reprodução Google Street View

Prefeitura de Barra Mansa determina que alunos rezem o Pai Nosso na rede pública de ensino

Documento estabelece que todas as unidades escolares da rede pública municipal devem organizar os alunos em fila indiana para entoar a cada dia da semana um hino predeterminado, seguido da oração do Pai Nosso

Daniela Amorim , O Estado de S.Paulo

12 Outubro 2017 | 12h53

RIO - Alunos da rede municipal de ensino do município de Barra Mansa, no sul fluminense, estão obrigados a rezar a oração do Pai Nosso antes de entrar em sala de aula. 

A determinação do secretário municipal de Educação, Vantoil de Souza Junior, entrou em vigor no último dia 4, conforme a ordem de serviço publicada dois dias antes que institui a rotina de oração.

O documento estabelece que todas as unidades escolares da rede pública municipal devem organizar os alunos em fila indiana, "em posição respeitosa", para entoar a cada dia da semana um hino predeterminado, seguido da Oração do Pai Nosso.

A entoação dos hinos e a oração são obrigatórias a todos os turnos, inclusive o da noite, antes que os estudantes sejam conduzidos à sala de aula. 

Na ordem de serviço, a Secretaria de Educação argumenta que o Pai Nosso é uma oração "universal" e por isso "aceita pela maioria das manifestações religiosas".

Os alunos que se recusarem a rezar devem declarar seu desejo por escrito através de seus responsáveis. Além disso, o documento determina que eles sejam colocados em uma fila separada e levados para a sala de aula apenas após a entoação do hino.

A reportagem tentou contato com a Secretaria Municipal de Educação de Barra Mansa, mas devido ao feriado nacional não conseguiu localizar um representante da Prefeitura.

Mais conteúdo sobre:
Barra Mansa [RJ] Educação religião

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.