1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Prefeitura de Salvador apreende 150 mil latinhas 'irregulares' de cerveja

Tiago Décimo - O Estado de S.Paulo

01 Março 2014 | 21h 24

Circuitos funcionam como zona de exclusividade comercial para patrocinadores oficiais do carnaval na cidade

O "fechamento" dos circuitos do carnaval de Salvador, com a criação de uma "zona de exclusividade comercial" para os patrocinadores oficiais da festa criou uma novidade para a Prefeitura: a apreensão de cervejas e refrigerantes "ilegais" nos circuitos.

Em três dias de festa, o depósito da Secretaria Municipal de Ordem Pública (Sumop) já recebeu mais de 150 mil latinhas de bebidas, quase a totalidade de cerveja que não era das marcas patrocinadoras da festa. O Grupo Petrópolis, por meio da marca Itaipava, patrocina o Circuito Dodô (Barra-Ondina) e a Brasil Kirin, com a Schin, patrocina os circuitos Osmar (Campo Grande) e Batatinha (Pelourinho). Cada empresa investiu R$ 10 milhões para ter a marca atrelada à folia baiana.

O comércio de bebidas de outros fabricantes é liberado apenas dentro de blocos e camarotes que tenham patrocínios de outras marcas. Por isso, causaram surpresa duas apreensões feitas por agentes da Superintendência de Controle e Ordenamento do Uso do Solo do Município (Sucom), no início da noite deste sábado, 1º, dentro do blocos Nana Banana, comandado pela banda Chiclete com Banana, e Banana Coral, liderado pelo grupo Oito7Nove4, no Circuito Dodô. Ao todo, três carrinhos de bebidas de ambulantes que trabalhavam dentro dos blocos, patrocinados por marcas concorrentes às das patrocinadoras oficiais, foram apreendidos.

De acordo com a Prefeitura, a ação foi tomada depois que os vendedores foram flagrados vendendo as bebidas para foliões que estavam fora das cordas dos blocos - o que é proibido. De acordo com a administração pública, além da apreensão dos produtos, as agremiações serão autuadas pela infração. As bebidas retidas no depósito só podem ser retiradas mediante pagamento de multa. Se o material não for reclamado, será destruído.

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo