Prejuízo por estragos da chuva no Paraná chega a R$ 104 milhões

Maior parte dos danos está nas residências e imóveis das oito cidades atingidas; mais de 30 mil foram afetados

Priscila Trindade, Central de Notícias

18 Março 2011 | 08h12

SÃO PAULO - Boletim divulgado pela Defesa Civil do Paraná aponta que os prejuízos causados pelas chuva no litoral do Estado já passam de R$ 104 milhões. Os dados foram coletados a partir de avaliações feitas pelas oito cidades atingidas por temporais nos últimos dias.

 

No novo relatório parcial, o número de residências danificadas e destruídas pelas enxurradas e deslizamentos ainda lidera a lista. A quantidade de casas danificadas no litoral chega a 3.906 e outras 211 foram destruídas.

 

De acordo com o cálculo, seriam necessários quase R$ 69 milhões para reconstruir as casas atingidas. Os prejuízos agrícolas somam R$ 10 milhões. A nova avaliação estima que os estragos nas estradas ultrapassem os R$ 11 milhões.

 

No total, 30.968 pessoas foram afetadas pelo mau tempo. Os municípios de Antonina e Morretes decretaram estado de calamidade pública e as prefeituras de Guaratuba, Honório Serpa e Paranaguá estão em situação de emergência. Foram registradas quatro mortes, das quais duas em Antonina, uma em Morretes e uma em Honório Serpa. Em todo o estado, mais de 16 mil moradores estão desabrigadas ou desalojadas.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.