Presidente dá carona para várias autoridades

Entre os convidados estavam os presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN)

Tânia Monteiro, O Estado de S. Paulo

23 Julho 2013 | 00h33

BRASÍLIA - O avião da presidente Dilma Rousseff que levantou voo para levá-la ao encontro do papa Francisco deu carona para uma dezena de autoridades do Legislativo e do Executivo. Entre os convidados estavam os presidentes do Senado, Renan Calheiros (PMDB-AL), e da Câmara, Henrique Eduardo Alves (PMDB-RN). Renan estava acompanhado de sua mulher, Maria Verônica. Mas Laurita Arruda, noiva de Alves, não estava presente.

A filha da presidente, Paula, o genro, Rafael, e o neto, Gabriel, aguardavam Dilma no Palácio Guanabara. Segundo informações obtidas no Planalto, a família da presidente não usou avião da Força Aérea para voar de Porto Alegre, onde mora, para o Rio. Eles seguiram para o Rio em voo comercial, onde se encontraram com Dilma. A mãe e a tia da presidente permaneceram em Brasília.

Oito ministros estavam a bordo do voo no Airbus presidencial: os ministros da Casa Civil, Gleisi Hoffmann; da Secretaria Geral, Gilberto Carvalho; das Relações Institucionais, Ideli Salvatti; da Secretaria da Comunicação Social, Helena Chagas; das Relações Exteriores, Antonio Patriota; das Comunicações, Paulo Bernardo; da Cultura, Marta Suplicy; e da Secretaria dos Portos, José Leônidas Cristino.

Outros cinco ministros se juntaram à comitiva presidencial no Palácio Guanabara, totalizando 13 dos 39 auxiliares diretos da presidente a participarem da recepção ao papa. Foram os ministros da Justiça, José Eduardo Cardozo; do Trabalho, Manoel Dias; da Integração Social, Fernando Bezerra; do Gabinete de Segurança Institucional, José Elito; da Secretaria de Assuntos Estratégicos, Marcelo Neri; e da Secretaria de Aviação Civil, Moreira Franco.

Mais conteúdo sobre:
papa jornada mundial da juventude

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.