1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Presos liberam reféns e encerram rebelião em Itirapina (SP)

Agencia Estado

10 Maio 2006 | 04h 20

Terminou por volta das 21 horas de terça-feira a rebelião de parte dos 1.431 presos que superlotam a carceragem feita para 852 pessoas na Penitenciária (II) João Batista de Arruda Sampaio, localizada em Itirapina, cidade a 220 quilômetros da capital paulista. O motim teve início às 17 horas quando um grupo de oito presos, usando uma arma feita de sabão, tentou dominar um dos agentes penitenciários. Seis agentes e quatro detentos foram feitos reféns após a tentativa de fuga. Policiais militares cercaram o complexo e a entrada principal, na altura do nº 623 da Rua Dois, no bairro de Distrito Industrial. A diretoria da unidade negociou com os rebelados, que resolveram liberar todos. Não foi necessária a invasão. Uma vistoria nas celas foi feita pela polícia e agentes. Um dos carcereiros sofreu ferimentos leves durante o motim. Ainda não foi informado se haverá nesta quarta-feira transferência de detentos para outras unidades do Estado.

  • Tags: