Presos retornam espontaneamente à prisão em Salvador

De 14 presos foragidos, dois retornaram; eles afirmam que foram ameaçados para participar na fuga

Tiago Décimo, do Estadão,

31 Julho 2007 | 16h35

Dois dos 14 presos que fugiram da carceragem da Delegacia de Repressão aos Crimes Contra a Criança e o Adolescente (Dercca), no bairro de Brotas, em Salvador (BA), na madrugada de segunda-feira, 30, reapresentaram-se espontaneamente à unidade nesta terça.   De acordo com Cristiano Passareti, preso por atentado violento ao pudor, e Anderson Nunes, preso por roubo, eles foram ameaçados pelos demais fugitivos caso não deixassem a carceragem junto com o restante do grupo.   Os 12 outros presos, que saíram da unidade cavando um buraco no chão da área livre da carceragem até a tubulação de esgoto, continuam foragidos.   A unidade, que tem capacidade para 12 detentos, abrigava, no domingo, 32.

Mais conteúdo sobre:
Salvador preso

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.