Divulgação
Divulgação

Professor e duas adolescentes morrem afogados no RS

Educar teria saltado na água para tentar salvar estudantes; segundo os bombeiros, área é sinalizada com advertências de perigo

ELDER OGLIARI, O Estado de S. Paulo

12 Dezembro 2014 | 18h08

PORTO ALEGRE - Um professor e duas jovens morreram nesta sexta-feira, 12, afogados depois de um grupo de jovens ser levado por uma onda em um local conhecido como Morro das Furnas, em Torres, no litoral norte do Rio Grande do Sul.

As adolescentes estavam sobre uma pedra, fotografando a paisagem, formada por um paredão rochoso e o mar, sem faixa de areia, quando foram derrubadas por uma onda mais alta e forte. Outras participantes do grupo caíram sobre a própria rocha e não se feriram. Três acabaram arrastadas para o mar.

Testemunhas relataram que o professor saltou na água para tentar salvar as estudantes. Os bombeiros conseguiram resgatar uma jovem de 16 anos com vida, sem ferimentos graves. O educador Homero Miorin de Abreu, de 47 anos, Kérolyn Ágata Teixeira Braghini, de 14 anos, e Andriele Almeida de Campos, de 19 anos, morreram. 

As vítimas e os sobreviventes têm vínculos com a Casa de Acolhimento Institucional Sol Nascente de Caxias do Sul e tinham viajado ao litoral em excursão de final de ano. O comandante dos bombeiros de Torres, capitão Rodrigo Pierozan, disse que a área é sinalizada com advertências de que o local é perigoso.

Mais conteúdo sobre:
afogamento Torres RS

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.