1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Programa de TV homenageia dançarino assassinado no Pavão-Pavãozinho

Daniela Amorim - O Estado de S. Paulo

27 Abril 2014 | 13h 17

Douglas Rafael foi encontrado morto na terça-feira; polícia examina armas de militares que estava na UPP da região

RIO - O dançarino Douglas Rafael da Silva Pereira, o DG, foi homenageado na edição deste domingo do programa "Esquenta!", comandado pela apresentadora Regina Casé, na TV Globo. DG foi encontrado morto na última terça-feira, no morro Pavão-Pavãozinho, em Copacabana. Na edição dedicada à memória do jovem, a apresentadora disse que era preciso quebrar o sentimento de impotência diante de episódios de violência como o assassinato do dançarino.

"Eu não escolhi fazer um programa jornalístico, policialesco. Hoje, infelizmente, nós não conseguimos colocar no ar um programa lindo que a gente tinha preparado. Porque um dos nossos dançarinos, talvez o mais alegre, o mais querido pelas crianças, foi brutalmente assassinado com um tiro nas costas", declarou Regina.

O programa que iria ao ar neste domingo foi regravado na tarde deste sábado, reunindo a mãe de DG, Maria de Fátima da Silva, além de outros parentes e amigos do rapaz. O clima de emoção contagiou convidados como Fernanda Torres, Carolina Dieckman, Preta Gil e Leandra Leal. "A gente fica muito triste com esse final trágico de um membro da família do Esquenta", afirmou o apresentador Luciano Huck, em depoimento.

Emocionada, Maria de Fátima usava uma camisa com a foto do filho e a inscrição "saudade eterna". "Ele não era só meu irmão, era meu irmão, um filho e o melhor amigo que eu poderia ter", disse a irmã do dançarino.

Moradores do Pavão-Pavãozinho organizam uma manifestação na tarde deste domingo na Avenida Atlântica, em Copacabana. A Polícia Civil examina as armas dos policiais militares que estavam na Unidade de Polícia Pacificadora do Pavão-Pavãozinho/Cantagalo na noite do crime. Segundo o tio de DG, Alexandre Vieira, a família ainda procura testemunhas na comunidade que possam dar informações que ajudem a esclarecer o assassinato do dançarino.