Protesto, correria e feridos no Rio

Policiais do Batalhão de Choque reprimiram ontem à noite, no Rio, com bombas de gás lacrimogêneo e balas de borracha, um protesto contra a visita do presidente Barack Obama. O confronto ocorreu em frente ao Consulado dos EUA, onde o ato terminou, após uma passeata. Na confusão, com correria, fumaça e fogo, um segurança do consulado foi atingido por um coquetel molotov e um repórter da Rede Globo foi atingido na perna.

, O Estado de S.Paulo

19 Março 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.