1. Usuário
Assine o Estadão
assine


Protesto por imóveis do 'Minha Casa, Minha Vida' fecha Fernão Dias em MG

Marcelo Portela - O Estado de S. Paulo

10 Janeiro 2014 | 16h 58

Quando a estrada foi liberada, rodovia tinha pelo menos 15 quilômetros de congestionamentos nas duas direções

BELO HORIZONTE - Manifestantes fecharam nesta sexta-feira, 10, durante a maior parte do dia, os dois sentidos do trecho da BR-381 que liga Belo Horizonte a São Paulo. Segundo a Polícia Rodoviária Federal (PRF), quando a estrada foi liberada, por volta das 16h, pelo menos 15 quilômetros de congestionamentos haviam se formado nas duas direções. Não houve registro de tumultos no local.

Ainda de acordo com a PRF, a manifestação foi formada por um grupo de aproximadamente 90 pessoas que reivindicavam a entrega de imóveis do programa 'Minha Casa, Minha Vida' em Betim, na região metropolitana da capital mineira. O protesto teve início ainda pela manhã, com fechamento da marginal da rodovia na altura do quilômetro 502, no bairro Citrolândia, mas depois os manifestantes tomaram conta de toda a pista.

O grupo alegou que havia previsão de entrega dos conjuntos habitacionais São Marcos 1 e 2 na próxima semana, mas receberam informação de não será possível ocupar os imóveis antes de fevereiro. Por meio de nota, a prefeitura de Betim negou que houvesse marcado data para a entrega dos apartamentos e atribuiu a "erros técnicos" a demora na liberação das residências.

Segundo a prefeitura, há "problemas com o abastecimento de água e até mesmo estruturais" nas unidades, que tiveram que passar por novas obras. Após os reparos, os imóveis ainda terão que ser submetidos a vistoria da Caixa Econômica Federal antes de serem entregues aos proprietários. O Estado procurou a sede da construtora Aterpa, responsável pela obra, no bairro Estoril, na região oeste de Belo Horizonte, mas nenhum representante da empresa foi encontrado para falar sobre o caso.