Reajuste de salário de policiais vira polêmica na campanha e divide deputados

PARAÍBA

, O Estado de S.Paulo

27 Outubro 2010 | 00h00

Deputados aliados do governador José Maranhão (PMDB), candidato à reeleição, e de Ricardo Coutinho (foto), do PSB, entraram de vez na disputa entre os políticos pelo governo da Paraíba.

Maranhão enviou à Assembleia Legislativa três projetos de lei que reajustam os salários dos policiais civis e militares e dos bombeiros. Coutinho não concorda com os reajustes e conseguiu barrar os projetos na Comissão de Constituição e Justiça (CCJ), presidida por um deputado aliado do socialista.

Ontem, um grupo de policiais ocupou a Assembleia, para tentar acelerar a votação do reajuste, que vai elevar os salários em 100% a partir de janeiro.

A expectativa é de que os projetos sejam votados hoje, mesmo contra a vontade de Coutinho, que questiona a criação da despesa no fim do atual mandato de Maranhão.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.