Restaurante tradicional do Rio é interditado pela primeira vez em 90 anos

Amarelinho tinha produtos irregulares, segundo polícia e quase foi fechado por causa da visita de Barack Obama

Solange Spigliatti, Central de Notícias

23 Março 2011 | 15h15

SÃO PAULO - A Polícia Civil interditou na manhã desta quarta-feira, 23, o bar-restaurante Amarelinho, tradicional bar da boemia carioca, localizado na Cinelândia, no centro do Rio. Segundo a corporação, o local, inaugurado em 1921, foi impedido de funcionar pela primeira vez na sua história, durante operação realizada pela Delegacia do Consumidor (Decon).

 

Durante operação no restaurante, foram apreendidas cerca de 100 quilos de produtos alimentícios por várias irregularidades, como prazo de validade vencido, sem etiqueta da Agência Nacional de Vigilância Sanitária (Anvisa), e armazenamento em local impróprio.

 

O gerente do estabelecimento comercial foi detido, encaminhado para a delegacia e autuado por crime contra as relações de consumo.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.