Dionata Costa/São Joaquim Online/AE
Dionata Costa/São Joaquim Online/AE

Rio Grande do Sul e Santa Catarina têm neve

O fenômeno ocorreu em ao menos oito municípios do Sul do País

Elder Ogliari e Júlio Castro, O Estado de S. Paulo

22 Julho 2013 | 14h17

Em pelo menos quatro municípios do Rio Grande do Sul e quatro de Santa Catarina houve queda de neve na madrugada desta segunda-feira, 22, a primeira do ano.    No Rio Grande do Sul, o fenômeno é provocado pela presença de uma massa de ar polar e de uma área de umidade na metade norte do Estado. Também ocorreram fortes geadas na metade sul, região onde não há nebulosidade. A neve caiu em São José dos Ausentes, Cambará do Sul, Bom Jesus e Lagoa Vermelha enquanto a geada cobriu os campos em Cruz Alta, Bagé, Pelotas, Santa Maria, Encruzilhada do Sul, Santana do Livramento e São Luiz Gonzaga. Segundo o 8º Distrito de Meteorologia, a temperatura mínima foi de dois graus negativos em Cambará do Sul. O serviço, que é ligado ao Instituto Nacional de Meteorologia, emitiu aviso indicando que persistem as condições para novas quedas de neve amanhã, 23.

Em Santa Catarina, os primeiros flocos de neve do inverno de 2013 foram registrados em São Joaquim, no Planalto Sul, e em Chapecó, no oeste de Santa Catarina. O fenômeno durou cerca de 10 minutos na madrugada e nas primeiras horas da manhã, com acúmulo gerando alegria para os milhares de turistas que se deslocaram para a região para testemunhar a precipitação.

A previsão é de que ele venha a se repetir com mais intensidade no decorrer do dia em outras cidades das regiões mais altas do Estado. O primeiro registro de neve foi feito às 4h30 em São Joaquim. Meia hora mais tarde, surpreendentemente, os operadores meteorológicos do aeroporto de Chapecó relataram a ocorrência de neve na cidade no momento em que a temperatura era de 3ºC. É raríssimo ocorrer neve em Chapecó. Pinhalzinho e São Miguel do Oeste, na mesma região, também tiveram registros de neve.

O frio intenso está sendo provocado por uma fortíssima onda de frio que chegou no Brasil entre a noite de domingo e madrugada de segunda-feira. Até por volta das 6 horas da manhã, grande parte do Rio Grande do Sul, o Centro-Oeste e o Sul de Santa Catarina e do Paraná registraram temperaturas abaixo de 5ºC. O frio intenso, combinado com a persistência da umidade elevada é a combinação necessária para favorecer a queda de neve ao longo do dia em áreas de planalto, serras de Santa Catarina, Rio Grande do Sul e do Paraná. Conforme meteorologistas da Climaterra, não estão descartadas as possibilidades de queda de neve na região de Curitiba. A última vez que caiu neve na cidade paranaense foi em 1975.

 

Mais conteúdo sobre:
Neve frio Rio Grande do Sul Santa Catarina

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.