1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Rodoviários voltam a parar parte do transporte coletivo em Porto Alegre

Elder Ogliari - O Estado de S. Paulo

07 Março 2014 | 18h 02

Moradores da zona sul tiveram de esperar horas por um ônibus

PORTO ALEGRE - Os rodoviários voltaram a parar parte do transporte coletivo de Porto Alegre nesta sexta-feira, 7. Desta vez, deixaram de circular 220 ônibus de 42 linhas da zona sul da cidade atendidas pelas empresas VTC e Trevo. Os trabalhadores reclamam do desconto de 2 dos 15 dias que ficaram parados durante a greve geral realizada entre o final de janeiro e o início de fevereiro.

Os funcionários alegam que a Justiça ainda não julgou o mérito da ação que vai definir se aquela paralisação foi legal ou não. As empresas sustentam que neste momento está em vigor uma decisão liminar que considerou o movimento abusivo por não ter colocado veículos nas ruas quando a Justiça havia exigido 70% da frota durante os horários de pico e dizem que descontarão as faltas em parcelas.

Embora não tenha se espalhado para toda a cidade, a paralisação dos rodoviários forçou moradores da zona sul a ficarem de novo por horas à espera de transporte. Alguns passageiros, revoltados, chegaram a bloquear a Avenida Salgado Filho, no centro da cidade, por alguns minutos durante a manhã.

A Justiça determinou que os participantes de piquetes deixassem os coletivos saírem das garagens. A ordem foi cumprida depois da chegada dos oficiais de Justiça, acompanhados de soldados da Brigada Militar, no final da tarde. Quando o serviço foi restabelecido já havia longas filas de usuários nas paradas do centro à espera dos ônibus para voltar para casa.