Sadok é dono de veleiro chamado ''eu mereço''

Afastado do Dnit, ele e a mulher são conhecidos no Clube Naval de Brasília

Rosa Costa / BRASÍLIA, O Estado de S.Paulo

16 Julho 2011 | 00h00

O casal José Guilherme Sadok de Sá e Ana Paula Batista Araújo é bem conhecido no Clube Naval de Brasília. Os dois são donos do veleiro "Eu Mereço".

A embarcação, de 27 pés, fica estacionada no pátio náutico do clube. Encarregados da manutenção do local contam que foi Sadok de Sá - conhecido por eles como Zé Guilherme - que batizou o veleiro de "Eu Mereço". O nome anterior da embarcação era "Maria das Flores".

O registro do veleiro ainda está em nome do dono anterior. Embora utilizem os serviços do Clube Naval de Brasília, o nome de Sadok e de sua mulher não consta nos registros da diretoria.

Um marinheiro que trabalha no local informou que o casal não aparece por ali há um bom tempo. Ele disse que na semana passada Sadok de Sá telefonou pedindo que ele preparasse a embarcação, porque pretendia velejar no Lago Paranoá. "Eu fiz o que ele mandou, mas não apareceu ninguém", disse.

Clube Naval. O estacionamento náutico do Clube Naval está lotado e quem quiser guardar seu barco em Brasília terá de buscar outras opções. O aluguel mensal para um veleiro de 27 pés, como o do ex-diretor do Dnit, é de R$ 115 no Clube Naval. Outros clubes cobram preço um pouco maior.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.