Sobe para 55 o número de cidades em emergência no RS

Fortes chuvas caem desde o dia 3 e deixaram 10 mortos, 2 desaparecidos, 84 desabrigados e 2.891 desalojados

Maíra Teixeira, do estadao.com.br,

13 Janeiro 2010 | 14h02

Subiu de 53 para 55 o número de cidades em estado de emergência no Rio Grande do Sul, de acordo com o último boletim informativo da defesa civil do estado, divulgado nesta quarta-feira,13. Desde ontem, 15 cidades entraram em emergência.

 

As fortes chuvas, temporais, enxurradas, alagamentos e deslizamento castigam o estado desde o dia 3 de janeiro e já afetaram 82 municípios em todo o estado, deixando 10 pessoas mortas, 2 desaparecidas, 84 desabrigadas e 2.861 desalojadas.

 

As cidades em emergência são: Campos Borges, Alto Alegre, Travesseiro, Vera Cruz, Tunas, Nova Palma, Serafina Correa, Fontoura Xavier, Segredo, Guaporé, São Valentim do Sul, Cotiporã, São Marcos, Bom Retiro do Sul, Garibaldi, Herveiras, Arroio do Tigre, São Jerônimo, Progresso, Cerro Branco, Encantado, Passa Sete, Candelária, Espumoso, Anta Gorda, Santa Clara do Sul, Júlio de Castilhos, Sinimbú, Nova Bréscia, Doutor Ricardo, Pouso Novo, Lagoão, Ilópolis, Imigrante, Boqueirão do Leão, Vale do Sol, Igrejinha, Quevedos, Canudis do Vale, Barros Cassal, Canudos do Vale, Três Coroas, Marques de Souza, São João do Polênsine, Faxinal do Soturno, Pinhal Grande, Colorado, Relvado, Vista Alegre do Prata, Arvorezinha, Parobé, Santa Cruz, Alvorada, Casca, Rio Pardo e Selbach.

Mais conteúdo sobre:
RS enchentes emergência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.