Sobem para 6 as mortes em navio italiano; 14 estão desaparecidos

Equipes de resgate procuravam 14 pessoas desaparecias no acidente com o navio italiano de cruzeiro Costa Concordia, mais de 48 horas depois de ele ter virado e tombado perto da costa da Itália, matando pelo menos seis pessoas e ferindo mais de 60. Os trabalhadores vasculhavam a embarcação, que está com metade da estrutura sob as águas.

REUTERS

16 Janeiro 2012 | 07h26

No domingo foram resgatados um casal sul-coreano em lua de mel e um tripulante da embarcação. Mergulhadores da polícia recuperaram os corpos de dois homens idosos, que estavam com coletes salva-vidas.

Um sexto corpo, de um passageiro adulto, foi encontrado antes do início da madrugada desta segunda-feira, de acordo com a TV italiana. A mídia da Itália informou que ainda estão desaparecidos nove passageiros, incluindo uma criança, e cinco tripulantes.

O navio virou depois de ter batido contra uma rocha na sexta-feira à noite.

(Por Gavin Jones e Antonio Denti)

Mais conteúdo sobre:
ACIDENTE NAVIO ITALIA*

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.