WAGNER URBANO ONJACK/FUTURA PRESS
WAGNER URBANO ONJACK/FUTURA PRESS

Sul registra temperaturas negativas; cidade tem sensação térmica de -17ºC

Com -7,4ºC, Bom Jardim da Serra teve o frio mais intenso do País no ano; municípios amanheceram sob neve e geada

Aline Torres, Julio Cesar Lima, Luciano Nagel, especiais para o Estado, e Sara Abdo, O Estado de S.Paulo

18 Julho 2017 | 12h35

O inverno chegou sem trégua no País. A massa de ar polar que atinge principalmente o Sul provoca frio intenso nos três Estados da região e temperaturas negativas, com registro de neve e geada.

Nesta terça-feira, 18, 50 cidades amanheceram com temperaturas abaixo de zero. O Estado ainda registrou a temperatura mais baixa do ano no País. Fez -7,4°C em Bom Jardim da Serra, de acordo com o Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet). 

Já em Urupema, também na Serra, os termômetros marcaram -6,7ºC, mas, por causa dos ventos de até 43km/h, a sensação térmica chegou a -17°C. O clima estava tão gelado que até as flores nos jardins congelaram. Também nevou timidamente.

Flocos de neve caíram ainda em Irani, Fraiburgo, São Joaquim e em Água Doce, no Oeste, segundo a Epagri/Ciram, Central de Meteorologia de Santa Catarina.

Mas o frio não se restringiu à região serrana. Em Florianópolis, os termômetros marcaram 3,2ºC. Além de ser a temperatura mais baixa na capital neste ano, chama a atenção pela queda brusca - o domingo foi um dia de praia, com termômetros na casa dos 25°C.

Já em Chapecó, no Oeste, a temperatura é a mais baixa nos últimos nove anos, -1,2°C. O meteorologista Ronaldo Coutinho, da estação Climaterra, explica que essa massa polar é a mesma que provocou forte frio no Chile e, agora se deslocou para Santa Catarina. O frio em Santa Catarina é mais intenso pela altitude. “Praticamente 60% do Estado está acima de 800 metros”, explica Coutinho.

Geada no Rio Grande do Sul

Depois do registro de queda neve em algumas cidades do Rio Grande do Sul, foi a vez de a forte geada chegar com tudo no alvorecer desta terça-feira em vários municípios, que tiveram temperaturas abaixo de zero. Nas cidades de Soledade, Espumoso e Arvorezinha, na região noroeste do Estado, os termômetros registraram entre -7°C e -3°C.

No município de Pinheiro Machado, próximo à fronteira sul, o frio era tanto que chegou a congelar a água. Na Serra Gaúcha, a menor temperatura foi registrada em São José dos Ausentes, com -3,4°C.

Já em Porto Alegre, os termômetros marcavam 0,7°C no Morro da Polícia, na região leste da capital. No centro, fazia 4°C nas primeiras horas da manhã.

Neve no Paraná

Com temperaturas de -4ºC, a cidade de Inácio Martins registrou a menor temperatura do Paraná e, em Palmas, houve registro de neve durante a madrugada desta terça-feira. Segundo o Sistema Meteorológico do Paraná (Simepar), a massa de ar com característica polar que vem do extremo Sul do País fez com que o Paraná amanhecesse com temperaturas negativas em algumas regiões.

Esta foi a segunda vez que nevou em Palmas. Na primeira metade de junho, as baixas temperaturas resultaram na queda de chuva congelada na área urbana e flocos de neve nos Campos de Palmas, na região mais alta da cidade, onde está localizado o distrito do Horizonte.

A previsão é de geadas para os próximos dias até o final da semana, com queda brusca de temperatura nas regiões de Curitiba, Pato Branco, Francisco Beltrão e Guarapuava.

Frio em São Paulo

A massa de ar ainda não causou queda expressiva na temperatura de São Paulo e região metropolitana. Na capital, a média da madrugada desta terça-feira foi de 13ºC. No entanto, a temperatura deve cair ao longo do dia e, no fim da tarde, espera-se uma mínima de 9ºC, que seria a menor temperatura registrada no. 

Segundo informou o Centro de Gerenciamento de Emergência (CGE), os termômetros registraram 10ºC nesta terça-feira na região de Parelheiros e Capela do Socorro, ambas na zona sul. O frio deve se acentuar mais nas regiões afastadas do centro, como os extremos sul, leste e norte, áreas de maior vegetação e represa.

Na capital, a máxima prevista para esta terça-feira é de 17ºC, com possibilidade de chuva.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.