Tancredo, o articulador que confirma a fama dos políticos mineiros

Tancredo Neves ajudou a imortalizar o termo político mineiro. Astuto, discreto e hábil em costurar alianças, Tancredo entrou para a história republicana como o único político que foi vereador, deputado estadual, deputado federal, senador, governador, ministro, primeiro-ministro e presidente - o último cargo não chegou a exercer, pois morreu antes de tomar posse, em 1985. Fez carreira no Partido Social-Democrático (PSD) e, após o fim do regime de 1964, no MDB, Partido Popular (PP) e PMDB.

, O Estado de S.Paulo

30 Outubro 2010 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.