Temporais e frio intenso atingem o RS, alerta Defesa Civil

Temperatura mínima varia entre 1 e 4ºC e a máxima fica entre 6 e 11ºC ; deve haver geada em algumas regiões

Fabiana Marchezi, estadao.com.br

28 Agosto 2008 | 14h43

A Secretaria Nacional de Defesa Civil (Sedec), do Ministério da Integração Nacional, alertou a Defesa Civil do Rio Grande do Sul, devido às chuvas fortes e ao frio intenso que devem atingir o Estado até o próximo sábado, 30. A aproximação de uma nova frente fria forma nuvens carregadas que provocam pancadas de chuva no Estado. Em alguns momentos, há risco de raios e ventos de até 70 quilômetros por hora. A possibilidade de granizo isolado não está descartada.   Veja também: Com umidade do ar baixa, São Paulo entra em estado crítico O que fazer para amenizar os efeitos da baixa umidade do ar A previsão do tempo para a sua cidade          Segundo a Sedec, também neste período, um sistema de alta pressão chega ao Rio Grande do Sul, provocando queda acentuada de temperatura. Alerta-se para o frio intenso no Estado, com temperaturas mínimas variando de 1 a 4ºC nas áreas mais altas e de 6 a 11ºC graus nas demais regiões. Nas madrugadas e manhãs de sexta-feira, 29, e sábado, 30, o ar frio favorece a formação de geada no sul e oeste e nas regiões serranas do Estado.   A Sedec recomenda que a população evite áreas de alagamentos e lugares que ofereçam pouca ou nenhuma proteção contra raios e ventos fortes. Há risco de deslizamentos de encostas, morros e barreiras. Os agricultores devem tomar as medidas preventivas necessárias para minimizar os efeitos da geada. A secretaria ainda pede uma atenção especial aos moradores de rua durante esse período, pois a sensação de frio será ainda maior por causa dos ventos do quadrante sul.   Os alertas foram baseados em informações do Instituto Nacional de Meteorologia (Inmet) e do Centro de Previsão de Tempo e Estudos Climáticos (Cptec).

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.