Transbordamento do Rio Acre deixa 29 mil desabrigados

O transbordamento do Rio Acre, que cruza a capital Rio Branco (AC), atingiu mais de 29 mil pessoas até a noite deste domingo, estima a Defesa Civil municipal. Cerca de 7.300 imóveis da cidade estão inundados. Não há registro de mortes. A cada dez centímetros que o nível do rio aumenta, a prefeitura de Rio Branco estima que mil pessoas sejam atingidas. No total, 830 famílias estão abrigadas em um parque, um ginásio esportivo e 28 escolas da rede pública. O prefeito Raimundo Angelim decretou situação de emergência na última terça-feira. As operações de resgate estão sendo feitas pelo Exército, Corpo de Bombeiros, Polícia Militar e voluntários, envolvendo cerca de 400 pessoas. O governo estadual e a Prefeitura de Rio Branco oferecem cestas básicas e atendimento médico às famílias atingidas.

Agencia Estado,

20 Fevereiro 2006 | 11h19

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.