1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Trator que caiu em ônibus na Bahia estava solto, diz perícia

Tiago Décimo - O Estado de S. Paulo

27 Janeiro 2014 | 19h 43

Na tarde desta segunda-feira, o número de vítimas do acidente subiu para 14; onze seguem internadas

SALVADOR - Subiu para 14 o número de mortos em um acidente envolvendo um ônibus, uma carreta e uma retroescavadeira ocorrido no início da manhã desta segunda-feira, 27, na BR-110, entre os municípios de Alagoinhas e Inhambupe, na Bahia, 150 quilômetros ao norte de Salvador.

Segundo informações da Polícia Rodoviária Federal, duas pessoas que foram resgatadas com vida das ferragens do ônibus e levadas ao Hospital Regional Dantas Bião, em Alagoinhas, não resistiram aos ferimentos e morreram nesta segunda à tarde, no centro cirúrgico da unidade.

Segundo a PRF, 11 pessoas - o motorista do ônibus e dez passageiros - morreram no local do acidente e um passageiro morreu logo após chegar ao hospital. Outras 18 pessoas ficaram feridas no acidente. Onze delas seguem internadas na unidade e quatro foram transferidas para o Hospital das Clínicas de Alagoinhas.

A colisão ocorreu pouco antes das 6h30 (horário local). Segundo a PRF, a retroescavadeira estava sendo transportada pela carreta, mas se desprendeu da carroceria do veículo em uma curva e caiu na pista, atingindo o ônibus, da Viação Gontijo, que seguia no sentido contrário, fazendo a linha entre São Paulo e Paulo Afonso, no extremo norte da Bahia, com 38 passageiros.

Trator solto. De acordo com o delegado Jobson Lucas Marques, chefe da 2ª Coordenadoria Regional de Polícia do Interior (Coorpin), com sede em Alagoinhas, onde o caso está sendo investigado, a perícia feita na carreta constatou que o trator estava solto sobre a carroceria. O motorista do veículo, Jonison Lima Santos, residente em Alagoinhas, fugiu do local do acidente, mas se apresentou pouco depois em um posto da PRF, de onde foi levado à delegacia do município, acompanhado por um advogado.

Ele foi ouvido por Marques e por agentes da unidade e foi detido em flagrante, por homicídio com dolo eventual. No depoimento, de acordo com o delegado, o motorista disse que é autônomo e admitiu que não checou se o trator estava bem fixado para o transporte, alegando que tal função não era sua. De acordo com o delegado, os proprietários da empresa que contratou o transporte também serão ouvidos.

O acidente interrompeu o tráfego nos dois sentidos da rodovia até o início da tarde. Segundo a PRF, apenas no início da noite o tráfego voltou a fluir normalmente no trecho em que a colisão ocorreu.

Mortos em ambulância. Em outro grave acidente registrado hoje nas rodovias baianas, quatro pessoas morreram carbonizadas após a ambulância na qual estavam capotar e pegar fogo na BR-324, altura do município de São Sebastião do Passé, no Recôncavo Baiano. O veículo, do Hospital Regional de Irecê, cidade 480 quilômetros a oeste de Salvador, transportava um menino de 4 anos para Salvador, para retirar um objeto que ele havia engolido acidentalmente. O acidente ocorreu por volta das 2h30.

O menino Daniel Carvalho Fernandes, a mãe dele, Josiara Carvalho, de 20 anos, a técnica em enfermagem Arleide Pimenta e o motorista da ambulância, Marcelo Santos, morreram no local. Segundo a PRF, a suspeita é que o condutor do veículo tenha dormido ao volante.