Três morrem em queda de avião em Goiás

Aeronave caiu em área de mata densa e de difícil acesso na zona rural de Trindade, região metropolitana de Goiânia

Marília Assunção, Especial para o Estado

06 Dezembro 2015 | 21h40

GOIÂNIA - Três homens ainda não identificados morreram na queda de um avião monomotor no final da manhã deste domingo, 6, na Região Metropolitana de Goiânia, durante uma forte chuva. De prefixo PT-VNC, a aeronave sofreu a queda em uma área de mata densa e difícil acesso na zona rural de Trindade, quando se dirigia ao Aeroclube de Aviação, na periferia de Goiânia.

A capitã do Corpo de Bombeiros Helaine Vieira Santos informou, no final da tarde, que uma das vítimas teve o corpo projetado para fora do monomotor durante a queda. “Os outros dois ficaram presos nas ferragens”. A Polícia Técnico-Científica ainda não havia chegado ao local do acidente para a perícia que poderá revelar a identidade dos mortos.

De acordo com a capitã, chovia muito quando o monomotor perdeu altura e atingiu várias árvores antes de atingir o solo, mas não houve explosão. “O avião ficou destruído, mas parou na superfície, não abriu um buraco no chão”, informou.

O monomotor havia decolado na cidade de Palmeiras de Goiás, vizinha de Trindade, também na Região Metropolitana de Goiânia. Além dos Bombeiros, um helicóptero do Grupo de Radiopatrulha Aérea da Polícia Militar de Goiás também contribuiu para a localização da aeronave.

As causas do acidente serão investigadas pelo Serviço Regional de Investigação e Prevenção de Acidentes (Seripa) de Brasília, que atende a região.

Mais conteúdo sobre:
goiás acidente aéreo

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.