Verba da Câmara pagou sala do marido

A deputada Jaqueline Roriz (PMN-DF) usou R$ 1.120,74 da Câmara dos Deputados para pagar despesas de uma sala que pertence ao marido, Manoel Neto. Segundo o site da Câmara, o gasto foi com "manutenção de escritório de apoio à atividade parlamentar". O imóvel (sala comercial em nome da Ideias Mult Service Publicidades e Veículos Ltda.) está fechado e nada funciona no local. Segundo a assessoria da deputada, a sala foi cedida para uso de escritório parlamentar e não há irregularidades.

, O Estado de S.Paulo

15 Março 2011 | 00h00

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.