Vereador mata após briga de trânsito em Minas

A vítima era candidato a vereador; briga começou por causa de carro bloqueando passagem

Solange Spigliatti, estadao.com.br

04 Agosto 2008 | 08h52

O vereador e presidente da Câmara Municipal de Astolfo Dutra, em Minas Gerais, matou um homem, no noite deste domingo, após uma briga de trânsito, segundo informações da polícia militar. Por volta das 20 horas, os dois estavam em um bar, no bairro São José, conhecido como Cabibó, quando Armando Ribeiro Neto, de 39 anos, pediu para que o vereador, candidato à reeleição na cidade, José Jorge da Silva, de 42 anos, conhecido como Jorge Verdureiro, retirasse seu carro, que estava no meio da rua, pois o mesmo estava bloqueando a passagem.   Houve uma discussão e o vereador foi até sua casa, próxima do local. Ao voltar, chamou Armando e deu três tiros na vítima, que morreu no local. O vereador fugiu e a polícia de cidades vizinhas foi acionada, mas até na manhã desta segunda-feira, 04, o criminoso não ainda não havia sido localizado.

Mais conteúdo sobre:
briga de trânsito violência

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.