1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Vítimas de Abdelmassih comemoram prisão do ex-médico

Fabiana Cambricoli - O Estado de S. Paulo

19 Agosto 2014 | 19h 01

'Pelo menos agora temos o sentimento de que a Justiça foi feita', disse Presidente da Associação das Vítimas de Roger Abdelmassih

Atualizada às 21h49

SÃO PAULO - Na manhã desta terça-feira, 19, a estilista Vanuzia Leite Lopes, de 54 anos, recebeu uma ligação que esperava havia três anos. Do outro lado da linha, vinha a notícia de que Roger Abdelmassih havia sido preso. “Me disseram que eu poderia colocar o champanhe para gelar, porque ele finalmente havia sido pego”, contou ela, na noite desta terça, ao lado da dona de casa Helena Leardini, de 45 anos, e da artista plástica Maria Silvia de Oliveira Franco, de 43, outras duas vítimas do ex-médico.

Desde que ele foi condenado, mas fugiu da Justiça, Vanuzia e outras vítimas criaram uma associação, além de um e-mail e páginas em redes sociais para receber denúncias sobre o paradeiro de Abdelmassih.

Evelson de Freitas/Estadão
Maria Silvia, Vanuzia e Helena (da esq. para a dir.) comemoram prisão do ex-médico

Foi graças a documentos de ligações e transações bancárias que a polícia pôde chegar ao foragido. “Essa investigação foi um trabalho de formiguinha. Mais do que felicidade pela prisão dele, tenho orgulho do que fizemos. Provamos que a mulher que sofre o abuso pode ser vítima, mas não é uma coitada e tem força para lutar”, disse.

Em 1993, durante tratamento para engravidar, Vanuzia foi violentada por Abdelmassih. Ela foi uma das primeiras mulheres que registraram imediatamente o abuso na polícia. “Tenho o exame de corpo de delito comprovando o abuso. Só que na época toda a investigação sumiu. Era a minha palavra contra a dele.”

Ela diz que, durante as investigações que fez com as integrantes do grupo, chegou a receber ameaças de morte. “Em ligações me pediam para parar as publicações no Facebook ou eu não ficaria viva”, contou. 

Com a prisão do ex-médico, Vanuzia e as outras vítimas disseram estar aliviadas. “Vou dormir muito mais leve hoje ao saber que ele finalmente vai ter o que merece”, disse Maria Silvia. Ela afirmou que, além de ter sofrido abuso sexual, teve embriões desviados para venda. 

Comemoração. A presidente da Associação das Vítimas de Roger Abdelmassih, a bacharel em Direito Teresa Cordioli, de 63 anos, confirmou que o clima foi de comemoração entre as integrantes do grupo.

“Não posso dizer que sinto felicidade porque isso (a prisão) não vai acabar com a minha dor nem com a das minhas colegas. Mas, pelo menos agora, a gente tem o sentimento de que a justiça foi feita”, disse.

Teresa foi violentada por Abdelmassih aos 17 anos, quando ele era residente em um hospital de Campinas (SP). “Ele me ameaçou. Disse que, se eu falasse algo, iria atrás de mim porque tinha meu endereço no prontuário. Até hoje tenho medo dele.” A vítima afirma que, mesmo com o alívio sentido com a captura do médico, ainda não se sente segura. “Eu sei do que ele é capaz e, para estar solto, tinha gente poderosa que o ajudava.”

Você já leu 5 textos neste mês

Continue Lendo

Cadastre-se agora ou faça seu login

É rápido e grátis

Faça o login se você já é cadastro ou assinante

Ou faça o login com o gmail

Login com Google

Sou assinante - Acesso

Para assinar, utilize o seu login e senha de assinante

Já sou cadastrado

Para acessar, utilize o seu login e senha

Utilize os mesmos login e senha já cadastrados anteriormente no Estadão

Quero criar meu login

Acesso fácil e rápido

Se você é assinante do Jornal impresso, preencha os dados abaixo e cadastre-se para criar seu login e senha

Esqueci minha senha

Acesso fácil e rápido

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Cadastre-se já e tenha acesso total ao conteúdo do site do Estadão. Seus dados serão guardados com total segurança e sigilo

Cadastro realizado

Obrigado, você optou por aproveitar todo o nosso conteúdo

Em instantes, você receberá uma mensagem no e-mail. Clique no link fornecido e crie sua senha

Importante!

Caso você não receba o e-mail, verifique se o filtro anti-spam do seu e-mail esta ativado

Quero me cadastrar

Acesso fácil e rápido

Estamos atualizando nosso cadastro, por favor confirme os dados abaixo