Vítimas de acidente em SC serão enterradas amanhã

Ônibus com passageiros do Rio Grande do Sul bateu contra carreta na BR-282; ao menos 22 se feriram

Elder Ogliari - Agência Estado,

05 Março 2011 | 19h32

Os corpos de 24 vítimas de acidente em Santa Catarina devem chegar a três cidades do noroeste do Rio Grande do Sul no final desta noite. Liberados pelo Instituto Médico Legal (IML) de São Miguel do Oeste, os restos mortais estão sendo transportados em um caminhão frigorífico e dez veículos funerários. Em Linha Salto haverá velório coletivo de 21 moradores da localidade, que tem cerca de 80 famílias. Dois corpos seguirão para Giruá e um para Santa Rosa. No início da noite ainda havia dois corpos, de um casal de Pelotas, no IML. O acidente deixou 26 mortos e 23 feridos, dois deles com gravidade.

 

 

Segundo avaliação inicial da Polícia Rodoviária Federal, quando o ônibus trafegava pela BR-282 no interior do município de Descanso, em Santa Catarina, foi atingido por uma carreta que havia tombado ao sair de uma curva e se arrastado até o lado contrário da pista, por volta das 3 horas. Morreram os motoristas do caminhão e do ônibus e uma passageira do caminhão, além de 23 pessoas que estavam no coletivo.

 

 

A tragédia chocou a comunidade de Linha Salto, formada por pequenos agricultores e comerciantes. A excursão havia saído da localidade e levava um grupo de jogadores e seus familiares para um torneio amistoso e confraternização em Marechal Cândido Rondon, no Paraná. Entre perplexos e desesperados, os moradores do distrito passaram o dia no salão comunitário, oferecendo e recebendo consolo em meio a orações e a uma celebração religiosa, na qual o padre leu o nome das vítimas. Um grupo de homens escavou as covas e construiu os túmulos. As prefeituras de Santo Cristo e Santa Rosa e os governos do Rio Grande do Sul e de Santa Catarina decretaram luto oficial de três dias.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.