Aeroporto Santos Dumont segue fechado por conta da chuva

No dia em que a chuva parou o Rio de Janeiro, as operações de pousos e decolagens estão suspensas no Aeroporto Santos Dumont, devido aos temporais, desde o início da manhã desta quarta-feira, 24. Não há previsão para a liberação das operações.   De acordo com a Infraero, até as 14 horas, das 48 partidas programadas no terminal, 33 foram canceladas e 11 atrasaram além de uma hora. Quanto aos pousos, dos 45 previstos, 26 foram cancelados e 14 atrasaram. Pelo menos nove vôos foram transferidos para o Aeroporto do Galeão, que opera por instrumentos desde o começo da manhã por conta da falta de visibilidade.   Mesmo recebendo os vôos do Santos Dumont, o terminal contabilizou atrasos em 17 dos 88 vôos programados (19,3%) e apenas duas (2,3%) operações foram suspensas. No Aeroporto de Congonhas, na zona sul de São Paulo, que também opera por instrumentos, dos 134 vôos previstos, 24 (17,9%) atrasaram e 29 foram cancelados (21,6%).   Já no Aeroporto Internacional de São Paulo, em Cumbica, Guarulhos, foram contabilizados atrasos em seis dos 126 vôos programados (4,8%). Outros nove vôos foram cancelados no terminal (7,1%). Segundo o último boletim divulgado pela Infraero, até as 14 horas, em todo o País, 103 vôos sofreram atrasos superiores de uma hora (10,1%) e 101 foram cancelados (10%), de um total de 1.015 operações programadas.

Fabiana Marchezi, estadao.com.br

24 Outubro 2007 | 14h56

Mais conteúdo sobre:
chuvas aeroportos Santos Dumont Galeão

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.