1. Usuário
Assine o Estadão
assine

Angolana e idosa são presas no Galeão com cocaína na mala

Tiago Rogero - O Estado de S. Paulo

25 Agosto 2014 | 12h 17

Africana tentava embarcar para Luanda com 4,14 kg da droga escondidos em um fundo falso; já senhora de 67 anos tinha 2,25 kg

RIO - Uma angolana de 20 anos foi presa neste domingo, 24, pela Polícia Federal no Aeroporto Internacional Tom Jobim, o Galeão, na Ilha do Governador, zona norte do Rio de Janeiro. A jovem tentava embarcar para a capital de Angola, Luanda, com 4,14 quilos de cocaína escondidos no fundo falso de uma mala.

A jovem tentou despachar a bagagem, mas a droga foi detectada na inspeção por raio X. O mesmo aconteceu com uma senhora de 67 anos, que se identificou como costureira e foi presa no sábado, 23, tentando embarcar com 2,25 quilos de cocaína para Lisboa, também no Galeão. Assim como a angolana, a idosa, natural do Mato Grosso do Sul, tentou despachar a droga escondida nas laterais de uma mala, também detectada pelo raio X.

Ambas foram autuadas por tráfico internacional de drogas, com penas que variam entre 5 e 15 anos de prisão.

Também no sábado, um argentino de 44 anos foi preso com mais de 40 quilos de cocaína em uma ação da Polícia Federal, com apoio do Ministério Público Estadual, na Rodovia Presidente Dutra, que liga São Paulo ao Rio. A droga estava escondida na lataria de um carro com placa da Argentina.