Chega a 102 o número de PMs assassinados neste ano no Rio

O policial Júlio Cesar Silva de Oliveira, de 36 anos, foi morto em uma tentativa de assalto na comunidade Parada de Lucas

Fernanda Nunes, O Estado de S. Paulo

07 Setembro 2017 | 12h58

RIO DE JANEIRO - Foi registrado nesta quinta-feira, 7, no Rio de Janeiro, o 102.º assassinato de policial militar deste ano. Dessa vez, na comunidade de Parada de Lucas, na zona norte da cidade. Júlio Cesar Silva de Oliveira, de 36 anos, foi morto durante uma tentativa de assalto.

Lotado no 16º Batalhão de Polícia Militar, ele trabalhava numa Unidade de Polícia Pacificadora (UPP) e estava retornando para casa quando foi abordado por marginais. No início desta tarde, policiais participam de uma operação no local para prender os criminosos envolvidos no assassinato.

Durante a ação, foram encontrados dentro da área de uma escola um veículo roubado “com características semelhantes (às) de viaturas utilizadas pelas equipes de Operações Especiais”, informou a PM, em nota. Policiais prenderam dois suspeitos e apreenderam drogas, anotações de contabilidades do tráfico, outros dois veículos roubados, uma moto e um radiotransmissor.

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.