Assine o Estadão
assine

Brasil

Rio de Janeiro

Chuva forte no Rio derruba árvores e provoca queda de energia

Árvores caíram em vias importantes de acesso, como na Avenida Rio Branco, no centro, e na Rua Barata Ribeiro, em Copacabana

0

Constança Rezende,
O Estado de S.Paulo

21 Fevereiro 2016 | 12h49

O Rio de Janeiro voltou ao estágio de normalidade às 1h55 deste domingo, 21, depois de uma forte chuva de verão que atingiu a cidade, na noite deste sábado. O município estava em nível de atenção desde às 19 horas de sábado. 

As chuvas, apesar de rápidas, provocaram transtornos na cidade. Árvores caíram em vias importantes de acesso, como na Avenida Rio Branco, no centro do Rio, e na Rua Barata Ribeiro, em Copacabana, zona sul, provocando reflexos no trânsito. 

O Aeroporto Santos Dumont, no centro, chegou a fechar para pousos. Em Niterói, ainda há regiões sem luz na manhã deste domingo, como nos bairros de Itaipu e Maria de Paula.

A previsão para este domingo, porém, também é de chuva com raios e ventos a partir da tarde, devido ao calor e umidade. De acordo com o Centro de Operações do Rio, as temperaturas seguirão estáveis, com mínima de 21°C e máxima de 37°C.

 

A Associação de Servidores da Biblioteca Nacional (ASBN) publicou fotos da instituição alagada, em sua página no Facebook, na manhã deste domingo. O acidente teria sido provocado por um vazamento de água, na noite da última sexta-feira, 19. 

As imagens mostram corredores da biblioteca, que fica no centro do Rio, com poças e uma sala de leitura alagada. A associação também acusa que o prédio não possui laudo de vistoria predial. 

“A ASBN quer explicações e garantias para que servidores e colaboradores possam trabalhar em segurança”, declararam.

Comentários