Fabio Motta/ Estadão
Fabio Motta/ Estadão

Chuva provoca transtornos em vias importantes do Rio

Força da água abriu buracos na pista e derrubou árvores

Roberta Pennafort, O Estado de S.Paulo

15 Fevereiro 2018 | 12h02

RIO -  A chuva da noite de quarta-feira, 14, provocou problemas na Linha Amarela, importante via expressa que liga a zona norte à zona oeste, e em rodovias de acesso ao Rio. 

A força da água abriu buracos na pista e derrubou árvores e pedras de grande magnitude, o que está causando transtornos na manhã desta quinta-feira, 15, ainda que não tenha mais chovido. 

+++ Temporal no Rio deixa 3 mortos e derruba trecho da ciclovia Tim Maia

A Lamsa, concessionária que administra a Linha Amarela, informou que a operação no eixo principal está normal; apenas a alça de acesso da saída 4, em Pilares, na zona norte, sentido Ilha do Fundão, está interditada, por causa de um buraco. Os técnicos da Lamsa estão no local para realizar os reparos e liberar a alça rapidamente.

A Polícia Rodoviária Federal divulgou que o trânsito está lento em alguns pontos da BR 101 (Rio-Santos) por conta de interdições parciais: uma perto do Túnel de Muriqui, no km 418,5, devido à queda de árvore, perto do Club Med, no km 445,6, também por queda de árvore; perto da entrada de Garatucaia, no km 456, em decorrência da queda de uma pedra enorme na pista.

Na Avenida Brasil, a chuva deixou trechos alagados, em especial no Caju, Benfica e Manguinhos, bairros da zona norte, o que torna o trajeto de carros, ônibus e caminhões mais demorado.

 

Encontrou algum erro? Entre em contato

O Estadão deixou de dar suporte ao Internet Explorer 9 ou anterior. Clique aqui e saiba mais.